Skip to content

Simplificar a vida – Um checklist para ajudar no processo de descarte

Simplificar a vida 1

 

O minimalismo é uma filosofia que incentiva a pessoa a repensar sobre seu modo de consumo, fazendo com que a pessoa tome consciência do seu poder de escolha. Dessa maneira, ela consegue simplificar a vida, os hábitos e até mesmo os relacionamentos.

O tema é bastante abrangente e envolve muitos outros aspectos como o emocional, energético e ambiental, mas na prática, o movimento implica pensar antes de comprar e, se for o caso, buscar alternativas como trocar, consertar e fazer você mesmo.

Mas quem disse que ser simples é fácil? Além de termos a tendência de complicar as coisas, nos apegamos aos nossos bens. Desde um simples enfeite que achamos bonitinho até um carro, uma casa, passando pelas pessoas e por sentimentos vivenciados no passado.

Acontece que, como diz no budismo, “não há nada fixo e permanente”. As coisas e pessoas não duram para sempre. Nosso corpo físico não irá durar para sempre. Os nossos melhores amigos, nossos amores, nossas casas… não vão durar para sempre.

É preciso usufruir o instante – o agora – e aprendermos a praticar o desapego.

Tendo assimilado o conceito do minimalismo, a visão budista que endossa o assunto e antes de começar jogar as coisas fora, fiz esse checklist pra ajudar a organizar melhor o processo de descarte.

Dessa forma, num período de um mês e de uma maneira bem tranquila, conseguiremos nos desfazer das coisas aos poucos, sem arrependimentos posteriores 🙂

Simplificar a vida 2

 

Regras:

  • Não é necessário seguir os dias na ordem como está. Se você quiser começar pelo guarda-roupas e depois ir pro escritório, não há problema algum! o importante é você ir completando as bolinhas para visualizar que a tarefa foi feita.
  • Se você quiser fazer “closet” e “arrumação das gavetas” e “roupa de cama” no mesmo dia, pode fazer também! O bom é que dessa forma, você termina mais rápido.
  • Tudo o que você não souber se “vai” ou se “fica”, coloque em uma caixa de “stand by”. Feche a caixa e coloque uma data do lado de fora, abrindo no período mínimo de 1 mês. Se nesse meio tempo você não foi lá buscar nada, então é o sinal que tudo o que estava lá pode ser realmente doado, jogado fora ou colocado devidamente em seu lugar  (só cuidado para não trazer as tralhas de volta)
  • Para não voltar a acumular tudo de novo, adquira a regra do “entra um, sai outro”.
  • Faça as seguintes perguntas para cada ítem que pegar: “Isso serve para quê?”, “Eu realmente gosto disso?” e “Ainda uso?”
  • Os ítens de 6 à 10, procurei deixar como “destralhe de escritório”, ou seja, você dispor um tempo para ver sua mesa de estudos/trabalho. Esse link dá dicas muito boas para arrumar esse canto especial.

Artigo: 4 dicas para organizar seu home office

Simplificar a vida 3
Compartilhando minha baguncinha: Closet, vários cadernos de anotações e estante de livros, um dia pra cuidar de cada um.
  • Sobre as roupas, que tal combinar com suas amigas um bazar? Fazer uma tarde com música, petisquinhos e animação? Vocês poderiam trocar ou vender as peças e ainda colocar a conversa em dia. Se não for possível, procure por um brechó ou doa as peças para uma instituição de caridade.
  • Identifique os possíveis cantos de acúmulo: debaixo da cama, última gaveta da cômoda, caixas de sapato, malas de viagens…
  • “Ornamentos” são aqueles enfeites que você já se cansou como bibelôs, vasos, porta retratos, enfeites de natal que você usa ha mais de 5 anos… que tal colocar no “combo” do bazar?
  • Vamos refletir sobre o que declaramos? Quais são as afirmações que você tem feito diariamente? “Eu odeio essa cidade”, “não suporto aquela garota”, “odeio quando chove”… O ideal seria fazer o exercício por 21 dias, mas se você conseguir prestar atenção ao que se diz em um dia, vai conseguir perceber o impacto das suas palavras.

Artigo: O que aprendi em 21 dias sem reclamar

Simplificar a vida 4
Aparelhos que não funcionam, acessórios que quase não uso e projetos inacabados.

 

 

  • Em “Alimentos tóxicos”, pensei em um dia sem comer produtos industrializados, ou com muito sal ou muito açúcar, carne, salgadinhos, corantes… tudo o que for artificial ou nocivo. Pegue esse dia para comer somente alimentos naturais. A Terra nos provê uma variedade tão grande de alimentos saborosos e saudáveis… enquanto que a indústria nos mantém escravos e cada vez mais doentes.
  • Sem tv ou computador por um dia, consegue? a tv e as propagandas que surgem na internet só alimenta cada vez mais nossos desejos por consumo. Um dia para desintoxicar desse tipo de informações.
  • “Não consumir por 24 horas” – Passamos sempre numa loja para comprar “uma coisinha”, na maioria das vezes é pra animar um dia que foi cansativo, no intuito de servir como recompensa. Mas isso só leva você a comprar coisas por impulso. Não caia nessa armadilha.
  • “Andar na rua sem celular” – Vamos escutar mais os passarinhos? Observar uma flor, os transeuntes, curtir o momento sem estar com a atenção voltada no celular?

Sugestão de artigo: Mais perto da natureza

 

 

“A raíz do sofrimento é o apego” – Buddha

 

  • A sugestão do “ficar offline por um dia” é realmente se ausentar do whatssap, messenger, facebook, tudo o que estiver conectado à rede por um dia. Você vai ver que, apesar de difícil, fará um bem enorme pra mente além de mostrar à ela que você está aqui, no agora (e não lá, virtualmente).
  • As suas últimas 5 compras foi porque você realmente precisava ou foram por impulso? Se foi um alimento, foi porque você estava realmente com fome ou porque estava apenas com vontade?
  • A meditação contribui para nos deixar equilibrados. É com a mente tranquila que você consegue fazer suas melhores escolhas e é na meditação que acontece essa “faxina” na mente, do que vale a pena guardar e do que vale a pena jogar fora. Um dia especial para sentar em silêncio num lugar tranquilo, fechar a porta do quarto e não ser incomodado /incomodada por 20 minutos.
  • Agradeça tudo o que você conquistou, tudo o que você tem no momento.
  • O supérfluo foi embora, as energias foram renovadas. Tudo o que estiver ao seu redor, está em seu devido lugar. Sinta a delícia que é estar em uma casa arrumada, organizada, clean e útil afinal, o que restou são coisas que realmente tem algum valor pra você. Reavalie suas novas prioridades.

Concluindo:

O destralhe das coisas trará novas energias pro seu lar, pra sua mente, pras suas relações!

Não há sensação mais deliciosa do que morar em uma casa toda arrumadinha e funcional.

Espero que este post incentive-os a extrair o que não serve mais pra sua vida e consiga fazer do minimalismo, um hábito.

Simplificar a vida 5

Quer receber posts “quentinhos” sobre espiritualidade, autoconhecimento e lifestyle?

Clique aqui para receber a newsletter!

Um super beijo e até a próxima!

 Amina

8 Comments

  1. Olá Amina,

    Precioso este post,tem muita gente que vai parar para pensar por aí….e nao é esse o objetivo?
    A habilidade de simplificar significa eliminar o desnecessário para que o necessário possa se manifestar…..Lembre-se de que houve uma época em que podíamos viver sem aquilo…

    Muitas vibrações positivas da Mônica

    • Deise Marinho Deise Marinho

      Honorável Mônica,

      Obrigada pela visita e pelo comentário!

      Sim! reavaliar os hábitos de consumo, jogar fora o que não serve mais, renovar as energias da casa… espero ter conseguido jogar a “sementinha minimalista” no inconsciente dos leitores 😀

      Já no meu caso, ainda tenho bastante ítem pra jogar fora ou doar… impressionante como juntamos coisas, não é mesmo?

      Um beijo enorme!

      Amina

  2. Suelen Philomeno Suelen Philomeno

    Amei! Vou começar o desafio #simplificandoavidaem30dias
    Vou te marcar, obrigada por compartilhar! Sucesso e luz!

    • Deise Marinho Deise Marinho

      Olá Suelen!

      Adorei a hashtag! Vamos juntas fazer pq como vc pode ver nas fotos, to cheia das baguncinhas… rsrs

      Vou compartilhar o processo com vcs lá no instagram 😀

      Muito obrigada pela mensagem e por seguir o blog, boas vibrações pra vc! <3

  3. solange solange

    Deiseeee.
    EAE
    Como está?
    Essa matéria veio bem na hora….todas as minhas coisas estão uma bagunça…todas, todas todas….as dos outros estão em ordem, por mim mesmo 🙁 vou imprimir e me impor um horário, um tempinho sequer para colocar as coisas no lugar. Mary Kondo, acredita que temos que arrumar tudo de uma só vez, mas é humanamente impossível para mim. aos poucos e com sua lista sei que vou conseguir, além do que vejo como a ajuda de uma grande amiga do coração. Vai ser como você estar comigo lá ….confuso, mas sei que vc consegue me entender.
    Vou tirar fotos do antes e do depois.
    Grande beijo
    Saudades.
    Sola

    • Deise Marinho Deise Marinho

      Solange querida!

      Olha só que sincronicidade maravilhosa! Fico MUITO feliz em poder ajudar! Sim, imprima e vai “tikando”. Coloca uma musiquinha, um shortinho e entra no clima… e em 30 dias, vc vai ver como vai estar tudo arrumado e organizado! energias novas virão e a sua doação poderá ser o tesouro de outras pessoas!

      Muito obrigada pela mensagem e por seguir o blog <3

      Super beijo no coração!

      Deise (a.k.a Amina)

  4. solange solange

    Ah! De, Anima…ia me esquecendo. Temos sempre que perguntar na hora de comprar. “Tenho necessidade de comprar isso?”

    • Deise Marinho Deise Marinho

      Essa é uma das perguntas fundamentais na hora da compra Sol! mantenha sempre em mente! beijão! <3

Comments are closed.